Home » Capa, Destaque, Geral

Como registrar e legalizar uma igreja evangélica no Brasil

Dicas Gospel em seu email

Receba Dicas Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Como registrar e legalizar uma igreja evangélica no Brasil

Nas últimas décadas o Brasil viveu um período onde houve um exagerado crescimento na quantidade de denominações evangélicas no país, o fenômeno chega a ser de certa forma agressivo, dado a facilidade de se registrar e legalizar uma igreja.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Mas, o centro da questão não é tão somente a quantidade, outrossim, a qualidade. É exacerbada a quantidade de líderes, pastores, bispos, apóstolos, donos de igreja, que criam uma nova denominação sem capacidade alguma de exercer o ministério de forma competente. Falta preparo, instrução, dissernimento, conhecimento bíblico, sobra ignorância, heresias e pessoas sendo conduzidas de forma irresponsável por um caminho que ao invés de manifestar a luz do evangelho, geram apenas dispersão, sem fundamento da fé, sem fundamento na Palavra. Essa falta de fundamentos acabam gerando novas dispersões e consequentemente a criação de novas igrejas, o que tem gerado uma reação em cadeia.

Criar uma nova denomiação não constitui algo maléfico, desde que feito de forma responsável, de forma lúcida, direcionada por Deus e se a denominação origina-se de outra, deve-se ser feira de forma pacífica, o que é extremamente raro. Infelizmente, a maioria das denominações criadas atualemtne são geradas de divergências dentro das igrejas, por vaidade ou mesmo por ganânica. Desta forma, os cristãos devem estar atentos a este fenômeno, pois ele pode ser tanto uma fonte de bênção como uma fonde de maldição.

Se você desejar saber como registrar uma igreja evangélica no Brasil, confira os seguintes passos:

 

Necessário oito membros no mínimo.
I – Conceitos e objetivos: Associação Sem Fins Lucrativos:

Associação é uma entidade de direito privado, dotada de personalidade jurídica e caracterizada pelo agrupamento de pessoas para a realização e consecução de objetivos e ideais comuns, sem finalidade lucrativa.

II – Características de uma Associação Sem Fins Lucrativos:

1. constitui a reunião de diversas pessoas para a obtenção de um fim ideal, podendo este ser alterado pelos associados;

2. ausência de finalidade lucrativa;

3. o patrimônio é constituído pelos associados ou membros;

4. reconhecimento de sua personalidade por parte da autoridade competente.
III – Roteiro para constituição e registro de associações:

1. elaboração e discussão do projeto e Estatuto Social;

2. assembléia Geral de constituição da Associação;

3. obtenção de inscrição na Receita Federal – CNPJ;

4. inscrição na Secretaria da Fazenda – Inscrição Estadual (se vender produtos);

5. registro da entidade no INSS;

6. registro na Prefeitura Municipal.

7. Documentos do Presidente e membros que assinam atas e estatutos social

(CPF, RG, Comprovante de Residencia.)

8. Contrato de Locação e respectivo IPTU



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

3 comentaram, comente você também!

  1. jones patricio disse:

    gostei do comentario sobre varias igrejas que estao se abrindo de gualquer jeito levando as pessoas ao conhecimento de um evangelho que nao vem do reino como o apostolo paulo falou (que seje anatema)

    • jurisvaldo camilo disse:

      sim concordo: mais eu quero dizer que jeralmente quando uma pessoa iniçia um trabalho uma denominação pareçe que ele e o dono da obra.( a obra e do senhor) ele apenas teve a permissão do todo poderoso que e dono de tudo.ai quando outra pessoa iniçia tambem um trabalho um denominação.. aquele que iniçiou primeiro começa a falar mau da denominação do outro como se só ele tivesse o direito de criar uma denominação; eu quero dizer que isto e farisaismo,ipocrisia. deus da oportunidade pra quem ele quiser pois a obra e dele. ao invez de julgar o nosso proximo vamos julgar a nòz mesmos-olha vamos ter cuidado pois a questão e pessoal.

  2. o contador da igreja que congrego pediu um registro no sct de que se trata isso?

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 906 comentários no Dicas Gospel.