O que saber antes de solicitar um empréstimo pessoal

ANÚNCIO

O empréstimo pessoal é um recurso financeiro que está à altura de todas as pessoas que querem fazer o uso do dinheiro para financiar projetos, como a compra da casa, do carro e até do celular. No entanto, ao solicitar o empréstimo e usar de forma errada, o cristão pode acabar pecando.

Afinal, a tendência é ficar irado e, mais do que isso, com raiva! A raiva é um sentimento que não deve fazer parte da vida de quem vive em Cristo. Por essa razão, entenda que não é pecado solicitar o empréstimo, mas, o cristão deve fazer tudo para evitar os maus sentimentos.

ANÚNCIO
O que saber antes de solicitar um empréstimo pessoal
Foto: (reprodução/internet)

O resultado disso é que em muitas casos o crédito pessoal é uma boa solução, só que a pessoa deve usar da forma correta. Até mesmo na hora de pedir é preciso estudar para que o individuo não seja levado pelo pensamento e pelos maus sentimentos.

O que é um empréstimo pessoal?

O empréstimo pessoal é um crédito que tem muitas diferenças quando comparado ao financiamento. Trata-se de um contrato muito simples que é feito com um banco ou com uma instituição financeira. Neste serviço, o consumidor pega uma quantidade de dinheiro e paga parceladamente com juros.

Isso quer dizer que sim, o empréstimo gera juros ao consumidor. Ou seja, o cliente vai pagar mais do que solicitou ao banco na contratação do empréstimo. No entanto, a vantagem é ter o dinheiro todo à vista para realizar sonhos e projetos, especialmente, de produtos de grande valor.

ANÚNCIO

Então, considere que solicitar o empréstimo no banco não é um pecado e nem nada de ruim, porque o recurso pode ser importante para o cristão. Por outro lado, existem algumas dicas que devem ser estudadas para que o cristão faça o bom uso do dinheiro e sem ressentimentos.

Dicas para fazer empréstimo pessoal consciente

Na hora de solicitar o empréstimo, o cristão deve observar que pode ficar muito nervoso com o banco caso algum combinado não aconteça. Portanto, uma dica é sempre ler o contrato para saber o que é de direito seu. Mas, existem também outras dicas, confira a seguir.

Atente-se aos juros e custos

A questão dos juros é o que mais causa ira nas pessoas. Portanto, deve ser um ponto importante a ser considerado pelo cristão que vai solicitar o empréstimo pessoal. Então, verifique quais são os juros para ter certeza de que eles não sejam abusivos.

Outra dica importante é sobre os custos que um crédito pessoal tem. Porque, além dos juros mensais ainda pode ter as tarifas de abertura de crédito, os impostos e até mesmo algum tipo de valor para novos clientes. Portanto, cuidado com isso.

Verifique o prazo de pagamento

O prazo de um empréstimo também varia muito. Isso quer dizer que mesmo que as taxas sejam baixas, em certo momento o consumidor pode se sentir lesado pelo valor devido às outras contas, tanto para o caso de o prazo ser muito longo quanto muito curto. Então, estude muito bem o prazo do seu crédito antes de contratar.

Fuja dos golpes de empréstimos

Um último ponto para o cristão que vai solicitar o empréstimo é se atentar aos golpes financeiros que tem acontecido de todas as formas. Sempre desconfie de taxas muito baixas e valores de crédito muito altos. Uma recomendação é sempre buscar informações sobre a instituição financeira, como endereço e telefone, por exemplo.

Conclusão

Solicitar um empréstimo pessoal pode ser uma grande bênção para você, cristão. No entanto, é preciso estar bem atento às ciladas do mundo financeiro. Não seja precipitado e tome muito cuidado com a contratação de qualquer linha de crédito.

ANÚNCIO