Cantor PG – Discografia completa

0

Veja aqui Cantor PG – Discografia completa. O cantor PG despontou para o cenário da música gospel nacional após ter integrado a banda de rock Oficina G3, com a banda foram quatro discos lançados, o primeiro em 1998, o álbum “Acústico” e o último, o CD “Humanos”, PG ainda participou do DVD “O tempo”, em uma das épocas de maior sucesso da banda. PG saiu do Oficina G3 no final de 2003, segundo ele, para seguir o ministério pastoral.

Mas, em 2004, PG partiu para a carreira solo, lançando o seu primeiro CD, intitulado “Adoração”. O cantor seguiu a mesmo estilo musical que realizava com o Oficina G3, o rock. O disco teve boa aceitação do público e os que seriam lançados posteriormente confirmariam o carinho do público pelo cantor. Este ano PG lançará mais um trabalho, em CD e DVD, o álbum se chamará “Imagem e semelhança”.

Pra você que curte o som do PG e quer conhecer um pouco mais do trabalho do cantor, nós postamos todas as capas dos álbuns dele, em ordem cronológica, a discografia completa. Veja quais estão faltando na sua coleção ou os álbuns que você ainda não conhece. Esperamos que você possa curtir!

Confira:

2004 – Adoração

 

 

 

 

 

 

 

2006 – De um lado a outro

 

 

 

 

 

 

 

2007 – Eu sou livre Ao vivo

 

 

 

 

 

 

 

2010 – A conquista

 

 

 

 

 

 

 

2011 – Imagem e semelhança


1 COMENTÁRIO

  1. No person may ivkone the Geneva Conventions or any protocols thereto in any habeas corpus or other civil action or proceeding to which the United States, or a current or former officer, employee, member of the Armed Forces, or other agent of the United States is a party as a source of rights in any court of the United States or its States or territories. Until that gets repealed, the 1996 War Crimes Act is unenforceable. That was necessary in order to permit the US government to engage in acts that shall remain prohibited at any time and in any place whatsoever , such as passing of sentences and the carrying out of executions without previous judgment pronounced by a regularly constituted court, affording all the judicial guarantees which are recognized as indispensable by civilized peoples. and authorizing the President to legally define the statutory meaning of the term Torture . The 2009 Act limited that somewhat, but did not restore the private right of action. There’s always the national courts of foreign countries and the ICC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here