Os Perigos da Chupeta e a Importância da Amamentação

Nesse texto de utilidade pública, consultamos uma especialista em Saúde da Mulher para nos explicar os perigos da chupeta e a importância da amamentação. Leia e compartilhe!

0

Todo mundo já ouviu falar que a amamentação faz bem para o bebê, mas por quê? Precisamos ter conhecimento de pelo menos alguns benefícios que o aleitamento traz para o bebê e para a mãe para podermos defender esse ato de amor e os perigos da chupeta.

O leite materno é o melhor e mais completo alimento para uma criança. Deve ser feito exclusivamente até os 6 meses de vida, e depois disso juntamente com outros alimentos até 2 anos de idade. Existem alguns motivos pelo qual podemos afirmar isso:

01 –     A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que um milhão e meio de mortes poderiam ser evitados a cada ano com a prática da amamentação;

02 –   O leite materno possui anticorpos, leucócitos, antígenos, laxante, fatores de crescimento e vários tipos de vitaminas.Tudo isso proporciona uma alimentação equilibrada para o bebê, prevenindo contra infecções e favorecendo o vínculo afetivo entre mãe e filho;

03 –   O leite materno protege contra diabetes, câncer na infância, menos problemas dentários e fonoaudiólogos associados ao uso da mamadeira e melhor recuperação contra doenças;

04 –      A criança demonstra um melhor desempenho em testes de QI.

As vantagens da amamentação

 

a)   O aleitamento materno ajuda o útero a voltar para o tamanho normal após o parto, evitando hemorragias e, com isso, aumenta o nível de ferro no organismo;

b)    Reduz o risco de câncer de mama e de ovário;

c)    O aleitamento materno é um anticonceptivo natural, evitando novas gravidezes durante o período da amamentação exclusiva (6 meses);

d)    A chance de ter depressão pós-parto é reduzida;

e)    O leite materno é mais econômico, afinal é gratuito.

Os bebês que não são amamentados acabam fazendo uso de mamadeiras. Não podemos pensar que as mamadeiras (e chupetas também) são inofensivas para a saúde das crianças. Existem estudos sobre os malefícios desses adereços e vamos expor alguns resultados para o conhecimento de todos:

01 –    O bebê que usa chupeta mama menos vezes ao dia e com isso há menor produção de leite pela mãe;

02 –   Há um aumento dos problemas respiratórios, das cáries e infecções de ouvido (otites);

03 –  Aumento da incidência de candidíase oral (infecção causada por fungo) e parasitoses intestinais;

04 –   Os bicos das chupetas e mamadeiras liberam uma substância (N-nitrosaminas) que aumentam potencialmente a chance da criança desenvolver câncer, principalmente de intestino;

05 –    Maior risco de sufocação durante a alimentação.

Costumamos dizer que a importância da amamentação não é uma tarefa fácil. Mas temos que nos lembrar dos grandes benefícios que ela traz para toda vida da criança e também de que é algo passageiro capaz de refletir estes benefícios por toda a infância.

Amamentar é um ato de amor e deve ser feito com todo carinho do mundo. Se você tem alguma dificuldade procure um especialista.

Informações colhidas com Joseane T. Carvalho,
Especialista em Saúde da Mulher.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here